11 de jun de 2010

DIVA BY MISS E VICE-VERSA!!!



...T a t i a n a... ...H i l u x...


S.O - Primeiramente gostaria de agradece a nossa Diva por estar cedendo um tempinho para o meu blog e para que os leitores possam conhecer um pouco mais sobre Tatiana Hilux. Sempre falamos do início da carreira, e sabemos que você está às vésperas dos seus 10 anos de “estrada”. Você teve alguma inspiração para virar transformista? Quem? Fale-nos como isso aconteceu na sua cabeça.

T. H. - É bem legal estar na posição de entrevistada, valeu amiga, obrigadão! O início de tudo se deu numa sauna do centro quando reencontrei um rapaz que é cabeleireiro, e estava participando da montagem do primeiro espetáculo DIVAS. No início ele quis dar umas entradas para ficar comigo, mas não deu em nada. Daí ele começou a falar em travestis, drags, que ele já tinha morado em SP na época, que fez curso para cabeleireiro etc e tal... e se montava lá, daí o motivo dele ter sido convidado para o DIVAS 1. Foi então que ele me propôs assistir ao ensaio. Aceitei e fomos juntos ver este tal de ensaio em plena segunda-feira, sim, era uma segunda fim de tarde depois do trabalho (Risos). Chegando lá vi figuras carimbadas da night que sempre cumprimentava e também duas pessoas que já conhecia de aulas de teatro: Kattana Kox e Maura Akássius. Foi aquela festa! Elas me apresentaram a todas as outras e ficamos todos conversando. Começa o ensaio e eu vou para um canto reservado prestar atenção a tudo. Meus olhos brilharam! Eu nunca senti algo parecido, a organização, o profissionalismo, a arte e até mesmo as brincadeiras eram parte de um mundo que até então era bem distante da minha realidade. Eu me senti em casa e disse a mim mesmo que queria fazer aquilo um dia. Fui indo aos ensaios e um dia a Lena me pediu para ensaiar um número, pois ela estava lançando os NOVOS TALENTOS da Divine todos os Domingos. Ensaiei em casa uma música de drag em espanhol e fui apresentar num dos ensaios. Fui aplaudida por todas as maravilhosas. Daí então foram me dando espaço, acreditaram no meu talento e eu aproveitei. É aquela velha história de estar na hora certa, no lugar certo.

S.O - Conte-nos um pouquinho da sua trajetória, destacando os grandes momentos vividos ao longo desses 10 anos, suas maiores alegrias e vitórias.

T.H. - O nome Hilux surgiu devido a dois artistas que já faziam shows na cidade, Varna Pegeout e Cintia Citroen. Eu achei interessante, pois no sul havia drags com nomes de bebidas, etc. Daí adotei o Hilux e ficou, já tentei mudar , mas todos meus colegas adoram... Esse foi um momento importante, a escolha do nome artístico. Tatiana é uma prima do Rio de Janeiro. Resumindo: fui convidada a fazer vários shows por aí gratuitamente, o que me deu uma razoável experiência de palco e o diretor de shows da Divine me testou pedindo que eu imitasse a Liza Minelli. Ao fim da brincadeira ele me indagou se eu gostaria de participar do segundo espetáculo DIVAS e me tornar uma delas. Convite feito e aceito. Em 2001 eu lanço um CD de shows que todos achavam que ninguém compraria. Era o bom das DRAGS e todas queriam ser drag-queen-bate-cabelo e eu sempre apostei no estilo trans. Fiz um CD só com músicas que as trasex gostavam de dublar, foi um estouro! Em 2002 joguei no escuro e acabei vencendo. Tornei-me a Miss Gay Ceará Oficial, eleita no Clube Oásis. E mais shows e viagens aconteceram. Nos anos vindouros fiz apresentações em vários locais, inclusive no Teatro José de Alencar, no Troféu Iracema sendo a primeira atração gay depois da famosa Zezé Mota. E foi a própria que me anunciou, jamais esquecerei o momento que surgi do elevador no palco do Teatro. Em 2010 fizemos mais um espetáculo DIVAS em janeiro passado e no carnaval recebi um título honorário: Glamour Gay 2010 e estou muito orgulhosa por isso.

S.O - Já ocorreu algum fato engraçado com você, seja no palco ou nos bastidores?

T.H. - Milhares... Só vou contar o mais engraçado ao dublar SURVIVOR com a Collares e a Lena minha perna saiu do palco. Eu simplesmente fui tão na frente que minha perna desceu (Risos) eu caí, mas o público me segurou e começou a me beijar e aplaudir e me jogaram no palco, ai dei um rodopio, joguei o cabelo e tudo continuou, foi tragicômico, quem estava um pouco mais afastado pensou que fazia parte do show.

S.O. - O que você pensa sobre o espaço para drags e transformistas nas noites cearenses?

T.H. - Serei curtíssima nesta resposta. Boate Divine.

S.O . - Em algum momento você pensou em deixar os palcos e desistir de sua carreira como transformista?

T.H. - Isso me persegue. A princípio foi o fato de ser um cara interessante, que trabalhava, todo "play". Eu era uma gay “Music Box” (Risos). Quando comecei a me montar todos viraram as costas pra mim e não fui mais paquerado. Isso me deixou confuso: o preconceito há dentro do próprio meio gay. Comecei a ver os homossexuais com outros olhos. Aos 18 anos contei ao meu pai e disse que seria um ativista se tivesse oportunidade. Hoje eu não penso mais dessa forma. Minha bandeira levanto me assumindo sendo eu mesmo pra quem quer que seja, mas lutar em prol de causas e ações nem pensar. A grande maioria não vale a pena. Eu faço a minha parte. Acredito que dar um bom exemplo já é de bom tamanho. Recebi muitas críticas na mesma proporção dos elogios e isso acontece até hoje. Antigamente tinha crises, queimava fotos, jogava as produções fora, ou como se diz aqui, rebolava tudo no mato. Então, jogava tudo fora mesmo e depois comprava tudo novamente, afinal a veia artística me impede de banir a Tati da minha vida. Eu, Dário, estando de bem com a vida a Tati fica bem e vice-versa. Estou numa ótima fase, pena que algumas pessoas não enxergam isso.

S.O. - Pra terminar gostaria de uma bate bola com você:

Um hobby: Ler.

Uma cor: Verde.

Uma alegria: Saúde.

Uma tristeza: Inveja.

Um sonho: Londres.

Um ídolo: Mamãe e Papai.

Um amor: Dário ama Tati e vice-versa.

Um defeito: Tenho que aprender a ouvir críticas.

Uma qualidade: Sei ouvir as pessoas.

Família: Meu porto seguro, minha mãe.

Companheirismo: Tá em falta.

Amizade: Dona Nevinha, minha mammy.

Fundamental: Verdade.

Deus: O lado bom de cada pessoa.

S.O. - Gostaria de agradecer você, minha linda, pela sua personalidade marcante e sincera. Você que é uma pessoa muito transparente e autêntica. Obrigada pela atenção e carinho. E gostaria que você deixasse aqui suas considerações finais. Espero que você tenha gostado do nosso bate bola. Beijos.


T.H. - Amo a Scarllet do filme "...E o vento levou", e você é um artista que em momento algum envergonha os fãs de Vivien Leigh. Você é muito bom no que faz, e se te chamo de DIVA é porque você já possui atributos para o título. Foi um prazer conversar com você Mademoiselle O'hara! Ou como diziam no filme Dona Scarllet... (risos) . Beijão!


6 comentários:

  1. adorei tati vc e de mais
    bjos da sua filha deborah d´brasil kkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Muitíssimo obrigada pela gentileza em ter lembrado deste momento, afinal 10 anos não são 10 dias. Muitas coisas ainda tenho a fazer, a lutar, a conquistar.
    Desejo sucesso a vc e todos que se desprendem de sua realidade para levar fantasia e diversão ao público. Parabéns a nós artistas!

    ResponderExcluir
  3. Vamos la:
    Maravilhosa, Talentosa, Grandiosa, Generosa, Nossa tao Tantos "OSA" que fico perplecso com o talento dessa artista tao COMPLETA que é vc taty, Uma de suas maiores qualidades na minha opiniao é a Inteligencia, O bem mas precioso do ser Humano, a chave da Vida, das maiores riquesas... Acreditar em voce é investir em Uma mega poupança, por isso parabens minha linda, Uma entrevista maravilhosa!

    ResponderExcluir
  4. sem comentarios falar de taty pois adoro ela muitao e falar de scarlet meu deus uma pessoa extraordinaria entao duas pessoas assim juntas em uma entrevista como é chamado que para mim nao passou de uma conversa de duas amigas muito especial bjokas as duas parabens taty

    ResponderExcluir
  5. VC SEMPRE ARRAZA AMIGA,NUNCA DEIXE QUE SUA ESTRELA SE APAGE,LEVE ESSA LUZ PARA O MUNDO,AFINAL DE CONTA VC NASCEU PRA BRILHAR..........................BEIJOS DA RAWASHY

    ResponderExcluir
  6. Oi amiga xará:)
    Nossa elaa é simplismente perfeita além da artista linda e talentosa.. linda mais ainda por dentro uma pessoa simples antensiosa com todos seja amigos reais,virtuais.. saiba que sempre estarei torcendo por você.

    quem conheçe Tatiana Hilux jamais esqueçe!

    Sucesso em todas
    as etapas da vida.

    ResponderExcluir